5 Mitos e Verdades Sobre Psicoterapia

A Psicoterapia, também conhecida como Psicologia Clínica, é cercada por crenças populares que foram construídas ao longo da história. Devido a psicologia ter surgido em seu contexto clínico, a partir de demandas específicas voltadas à doença mental e ao desajuste social, faz-se necessário ampliar o olhar e desmistificar a área através de informação. Seguem abaixo 5 pontos relevantes para entendimento da psicoterapia.

MITO – Psicoterapia é para loucos, doentes e fracos.

VERDADE – Psicoterapia é para qualquer pessoa que esteja passando por problema e não consegue resolver ou ultrapassar, que esteja sofrendo, que queira se conhecer e/ou fazer mudanças. Em resumo: é para aqueles que querem se descobrir, se encontrar e se resolver.

MITO – Psicólogo apenas escuta e não fala.

VERDADE – A escuta é uma das técnicas utilizadas para melhor compreensão do cliente. No entanto, alguns psicólogos fazem mais intervenções verbais que outros, isso dependerá de cada profissional e de sua abordagem.

MITO – Psicólogo aconselha igual a um amigo.

VERDADE – Amigos aconselham segundo suas próprias experiências e crenças, lhe dando apoio e talvez julgando. Já o psicólogo não aconselha, pois tiraria a responsabilidade de escolha e de tomada de decisão da pessoa. O profissional auxilia, utilizando métodos científicos, elaborando e planejando diálogos/intervenções com finalidade reflexiva. Psicologia é uma ciência!

MITO – Psicoterapia é para sempre e causa dependência.

VERDADE – O fim do tratamento psicológico dependerá do processo de cada pessoa, da abertura e disposição para mudanças. Cada pessoa tem autonomia para encerrar e responsabilidade com seu processo pessoal. Importante lembrar que o objetivo do psicólogo é fortalecer o cliente para que ele tenha autonomia e não mantê-lo em terapia por muito tempo.

MITO – O psicólogo que não passou por determinada situação de vida, como por exemplo ter filhos, ser casado ou por ser muito novo, não compreenderá o que a pessoa está passando, pois não tem experiência.

VERDADE – Frequentemente as pessoas pensam dessa forma, equivocadamente, pois o profissional estudou técnicas, comportamento individual e social, assim como possui toda uma trajetória acadêmica, com estágios, supervisões, atendimentos que lhe dão conhecimento para lidar com a situação do cliente. Desta forma, o profissional não precisa necessariamente ter experienciado. Exemplo: um médico não precisa ter uma doença para saber lidar com ela, ele estudou para isso e aplica o que for necessário para melhora de seu paciente.

Muitas pessoas se preocupam com que os familiares e amigos irão pensar/falar sobre fazer psicoterapia. No entanto, o mais importante é reconhecer que precisa de ajuda e está fazendo algo por si. A psicoterapia é um valioso recurso para lidar com as dificuldades da existência, espaço favorável para crescimento e amadurecimento. Um processo que permite profundas transformações da pessoa.
Psicólogo precisa ser visto como profissional da saúde mental e não da doença mental!

Entre em contato com a SEVEN Terapias Integradas e agende sua consulta com nossa psicóloga especialista.

Texto escrito por:
 
 
 

Foto Dayana

Dayana Freire de Oliveira

Graduação em PSICOLOGIA pela Faculdade Frassinetti do Recife – FAFIRE (2011). Formação em Psicologia Clínica na abordagem Gestalt-Terapia. Pós- graduação em Psicologia: saúde mental, atenção básica, caps álcool e outras drogas (FAFIRE – em andamento). Especialista com experiência em saúde mental e dependência química. Experiência em consultório individual e comunidade. Atualmente atende na SEVEN Terapias Integradas.